Argentina muito além do tango - Agência de Viagens Corporativas, Eventos e Turismo - Costa Brava
0300 10000 40 [email protected]

Turismo

Argentina muito além do tango

Leia em

Facebook
Twitter
Linkedin
Tumblr
E-mail
Leia em Argentina muito além do tango

Quem pensa que o turismo na Argentina se resume a Buenos Aires e Bariloche, está muito enganado! A dica agora é explorar a região andina, bem ao norte da Argentina. Entenda o porquê!

O norte da terra dos nossos hermanos, por sorte, ainda é muito pouco explorado por turistas. Para quem gosta de descobrir culturas e lugares exóticos, Salta e Jujuy são os destinos do momento!

Essas regiões vão conquistar você por sua natureza exuberante, pelas cidades históricas e povoados que conservam até hoje as heranças inca, indígena e espanhola.

Quer uma proposta sob medida?

ligue para

0300 10000 40

ou Solicite aqui

 

 

JUJUY

Primeiramente, vamos começar pelo norte. Jujuy nos fascina com suas montanhas coloridas que formam o Cerro de Los Siete Colores. O resultado ´um um verdadeiro arco-íris de pedra cujo ‘segredo’ está na origem sedimentária das rochas que o compõem. Subindo mais de 3 mil metros de altitude, nos deparamos com um dos maiores desertos de sal do mundo, a infinita Salinas Grande. À noite, depois do jantar, é possível se perder em curtas caminhadas abaixo de milhares de estrelas. Nestes locais é possível que um cordial dono de hotel virá lhe encontrar e desejar boa-noite. Esse destino é tão mágico que em 2018 foi eleito como o 2º melhor lugar do mundo para se viajar pela National Geographic.

EXPERIÊNCIAS

É sobre isso que estamos falando. Não se trata de uma viagem qualquer. É muito mais. Neste lugar, você poderá almoçar na vinícola mais alta do mundo, sonhada e concretizada por um descendente de colonizador espanhol que plantou a primeira videira no início de 1800, ou talvez, você prefira fazer uma caminhada dentro de um cânion milenar de paredes de barro e depois aproveitar um autêntico asado argentino no meio da natureza preparado apenas para você. Em Jujuy, tudo é possível, sobretudo, explorar a região a cavalo ou de bicicleta.

SALTA

Posteriormente, você pode passar uma ou duas noites na cidade de Salta, famosa pelas cenas do filme “Relatos Selvagens” (2014). A cidade vai muito além das famosas empanadas e vinícolas. Lá você deve visitar o Museo de Arqueología Alta Montaña (MAAM), a Catedral de Salta e a Iglesia San Francisco, que são realmente emocionantes e, obviamente, pegar o teleférico para o morro San Bernardo. Você vai sorrir com a vista panorâmica da cidade. É simplesmente imperdível!

ROUTA 68

E então se prepare para o ápice! A estrada que liga Salta a Cafayate é considerada uma das estradas mais belas do mundo! E você vai entender porque! As famosas montanhas da reserva natural Quebrada de las Conchas formam um cenário que não se explica com palavras! Surpreenda-se com as formações rochosas inacreditavelmente belas e perfeitas, como El Obelisco, a Garganta del Diablo, El Anfiteatro e El Sapo.

E depois, quando chegar em Cafayate, tenho certeza que você não vai querer ir embora. A região é berço de mais de dezenas de vinícolas e para os amantes de vinho, vale a pena gastar algumas horas no “Museo de la Vid y el Vino” e obviamente, degustar os brancos Torrontés, que são exclusivos da região.

SOBRE O VINHO DA REGIÃO

Terminando, vamos é aproveitar os famosos vinhos argentinos. Poucos sabem que essa produção local acontece em terras ancestrais e extremamente ricas em minerais, por isso são tão diferentes e peculiarmente saborosos. Por conta da extrema altura, muito sol e escassez de chuvas, as uvas crescem naturalmente concentradas e a produção do vinho é mais artesanal e “humana” do que em outras regiões. Os vinhos Saltenhos são simplesmente maravilhosos! A má notícia é que infelizmente esses saborosos vinhos não chegam no Brasil. Só indo para lá pra conhecer de perto e experimentar tudo isso, mas a viagem vale muito a pena!









Assine Nossa Newsletter

Comentários

Login Reserve

Acesso Argo