Diária de hotel: direitos e deveres para não fugir da Política de Viagem
0300 10000 40 [email protected]

Corporativo

Diária de hotel: direitos e deveres para não fugir da Política de Viagem

Leia em

Facebook
Twitter
Linkedin
Tumblr
E-mail
Leia em Diária de hotel: direitos e deveres para não fugir da Política de Viagem

Costa Brava Viagens e Eventos

Entenda como cumprir a Política da Viagem mesmo considerando os imprevistos após a compra da diária de hotel

Fez a compra de uma diária de hotel, mas a viagem foi alterada? Quem trabalha diariamente com viagens corporativas sabe que o cancelamento de reserva de hotel é algo bastante comum.

Porém, o problema é que isso, geralmente, acarreta em custos extras para as empresas. Dependendo das condições do hotel, o cumprimento da política de viagem pode ser comprometido.

Quer uma proposta sob medida?

ligue para

0300 10000 40

ou Solicite aqui

Por isso, é importante entender melhor quais são os direitos e deveres dos hóspedes. E quais são as obrigações dos hotéis. Confira agora mesmo!

Hotel: política de hospedagem

Quando o assunto é política de hospedagem, é bastante comum encontrar pessoas que nunca ouviram falar sobre algumas das obrigações dos hotéis.

Basicamente, o estabelecimento deve se responsabilizar por diversos tipos de situações que correm o risco de acontecer dentro de suas dependências, como uma briga por conta de uma atitude indevida, um veículo danificado no estacionamento, objetos furtados, entre outras que fazem parte das responsabilidades civis do hotel.

É por isso que os hotéis devem, acima de tudo, fornecer todas as informações relacionadas à diária de hotel e sobre todos os seus serviços da forma mais clara possível. Até mesmo os riscos precisam ser compartilhados previamente com os hóspedes, como a voltagem das tomadas, profundidade da piscina, procedimento em caso de incêndio, etc.

Entretanto, mesmo assim, muitos estabelecimentos não cumprem com todas as exigências da lei.

Sabemos que imprevistos acontecem e os hotéis precisam estar preparados para lidar com cancelamentos, para isso, estabelecem uma multa ou prazo para cancelamento da diária de hotel.

Essas condições precisam ser informadas de modo claro no momento da reserva. De qualquer maneira, caso a viagem precise ser alterada, o melhor é fazer o cancelamento o quanto antes para evitar custos extras.

Hospedagem: direitos e deveres do viajante

Ao fazer uma reserva, a primeira coisa que o viajante precisa fazer é se certificar de que a compra da diária de hotel foi realmente efetivada.

Para isso, o mais recomendado é sempre solicitar uma confirmação por e-mail. Devem constar os horários de entrada e saída, além de todos os serviços inclusos no valor da diária de hotel. Todos os detalhes devem estar registrados no voucher.

No caso de overbooking da hospedagem ou se o hotel não cumprir com as condições acordadas na reserva, o consumidor tem todo o direito de exigir um serviço equivalente ou superior.

Se mesmo assim o hotel não o atender devidamente, a reserva pode ser cancelada, sem cobrança de multa. Ainda, o dinheiro deve ser devolvido para o consumidor.

Quando se trata de reembolso, esse direito é garantido pelo Código de Defesa do Consumidor. E não por uma legislação da área de turismo e hotelaria.

Quais foram os principais problemas com diária de hotel com os quais você teve que lidar? Compartilhe suas experiências conosco!

 

 









Assine Nossa Newsletter

Prestes a completar 30 anos, a Costa Brava ultrapassou o papel de uma agência, promovendo aos seus clientes experiências únicas e surpreendentes. Com transparência e segurança oferecemos soluções personalizadas para cada viagem ou evento.

Comentários

Login Reserve

Acesso Argo