0300 10000 40 [email protected]

Corporativo

OKR: conheça os passos para cumprir com seus objetivos

Leia em

Facebook
Twitter
Linkedin
Tumblr
E-mail
Leia em OKR: conheça os passos para cumprir com seus objetivos

Com o suporte da Costa Brava, OdontoPrev implementa a metodologia e atinge metas desafiadoras para a empresa

 

Todas as empresas possuem metas a serem atingidas, sejam elas a redução de um indicador, o aumento do faturamento, a conquista de novos clientes ou qualquer outro objetivo que some à vitalidade do negócio. No entanto, muitas vezes, o grande desafio é encontrar o melhor método para traçar a estratégia ideal e, assim, chegar a esses resultados tão esperados.

Quer uma proposta sob medida?

ligue para

0300 10000 40

ou Solicite aqui

Pensando nisso, compartilhamos com você a solução que "caiu como uma luva" para a OdontoPrev, nosso cliente. A empresa tinha dois números importantes no setor de viagens corporativas que precisavam ser reduzidos, os quais impactavam diretamente nos resultados da empresa. E, ao implementar junto com a Costa Brava a metodologia OKR, foi possível chegar ao cenário ideal. 

A Objectives and Key Results (OKR) foi criada pelo ex-CEO da Intel, Andrew S. Grove, e se tornou muito conhecida em 1999 quando John Doerr, um dos investidores da Google, apresentou a metodologia para os funcionários da empresa. 

Ela funciona por meio de dois componentes: o "O", referente ao objetivo claro a ser atingido,  e o "KR", de resultados-chave, que são os caminhos para chegar até o objetivo principal. 

 

Para um melhor entendimento, veja abaixo alguns exemplos de uma OKR:

Para que a metodologia funcione corretamente, é preciso um acompanhamento periódico do objetivo e dos resultados-chave. Agora, veja como foi a experiência da OdontoPrev com a Metodologia OKR em uma entrevista com o Diogo Conti, Head de Compras, Facilities e Viagens. 

 

Costa Brava: Quais indicadores, que mereciam uma atenção especial, motivaram a implementação da Metodologia OKR?

Diogo Conti: Tínhamos números muito altos em relação às viagens de última hora e aos bilhetes não voados. Para nós, era um desafio reduzir esses dois indicadores.

 

Costa Brava: Faça um comparativo do antes e depois da aplicação da OKR.

Diogo Conti: Percebemos que a problemática das compras sem antecedência era, na maioria das vezes, consequência de uma falta de controle. Ao aplicar a OKR, reduzimos de 30% para 1% desse gasto e consideramos esse resultado um número muito dentro do esperado. Já em relação aos bilhetes não voados, o que caracterizava o maior dos nossos problemas, conseguimos reduzir 98% do valor que era gasto. 

 

Costa Brava: Por que você considera essa metodologia assertiva?

Diogo Conti: Porque ela é interessante para tudo. Quando você é um empregado de uma empresa e tem suas metas do ano, a maioria das vezes você olha como está o andamento desses objetivos somente no final do segundo semestre, com o risco de perceber que está muito longe de alcançá-los. Ao aplicar a OKR, você é obrigado a controlar essas metas com maior periodicidade, permitindo uma entrega de resultados de uma forma muito mais rápida.

 

Costa Brava: Cite três benefícios da OKR que foram marcantes para a OdontoPrev.

Diogo Conti: Primeiramente, comento sobre a resolução de problemas que não tínhamos a mínima visão de resolvê-los em curto prazo. Em segundo, a mudança de mindset de todos os envolvidos com as viagens corporativas em nossa empresa. Por fim, a aplicação da metodologia em diferentes áreas. Isso porque as pessoas entenderam a OKR e viram seus benefícios. Com isso, expandimos para toda a empresa. 

 

Que tal aproveitar este finalzinho de 2019 para elencar os objetivos de viagens corporativas da sua empresa e traçar os resultados-chaves para atingi-los em 2020? Conte com a Costa Brava.

 










Assine Nossa Newsletter

Comentários

Login Reserve

Acesso Argo